O Direito De Nos Alegrar

De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome.
A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração. Lucas 1:48-50

Maria era uma mulher que achou graça aos olhos de Deus. Ela era obediente e Deus estava com ela. Deu a ela o privilégio de gerar Jesus, amamentar, educar. Ela sabia quão grande era o amor de Deus e que podia confiar Nele, por isso disse sim ao ser visitada pelo anjo que trouxe a notícia de que o filho de Deus nasceria de seu ventre. Maria pagou um alto preço por aceitar ser a mãe do filho de Deus, mas a alegria de ter sido escolhida, de ter podido servir e de ter visto o extraordinário acontecer, certamente superou toda a dor. Maria é chamada de bem-aventurada e nós também podemos ser, porque o mesmo Deus que a amou, nos ama e Suas misericórdias estendem-se aos que o temem, de geração em geração. Podemos nos alegrar em Deus, porque somos filhos. Se obedecemos, ocupamos um lugar que é nosso por direito. Não, o mundo não pode nos enganar e nos impor uma tristeza que não vem do coração do nosso Pai. Sabemos aceitar as correções, sabemos nos humilhar, pedir perdão quando pecamos, mas isso não tira nosso direito de sermos felizes e cheios da alegria do Espírito Santo.

Oração: Te louvamos Senhor, pelo Teu amor e pela Tua compaixão por nós. Queremos te honrar a cada dia com nossa obediência e gratidão, porque sabemos que sem Ti nada podemos fazer. Em nome de Jesus, repreendemos todo engano do inimigo, que tenta desviar nossos olhos da Tua grandeza, que nos faz fortes e ousados. Amém!

Comemore e aproveite

costela na brasaOlha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos.
“Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu.
Lucas 15:29,31

Este trecho da bíblia narra a história do filho pródigo e do irmão dele, que ficou enciumado pelo fato do pai ter mandado matar um novilho gordo para comemorar o retorno do filho que havia partido e gastado sua parte da herança. O irmão mais velho esteve todo o tempo na casa do Pai, com direito a tudo o que o Pai tinha, mas não soube aproveitar. Como ele mesmo disse, ” Trabalhava como escravo”.  Deus não quer escravos, Ele quer filhos que saibam os seus direitos e queiram usufruir deles. Temos direito a cura, a prosperidade, a alegria, paz, justiça e tudo o que existe no Reino de Deus. Precisamos conhecer nossos direitos como filhos, para podermos desfrutar.  De que adianta trabalhar tanto se não aproveitamos a presença do Pai e as riquezas que Ele nos oferece? A religiosidade nos torna escravos de tarefas ditadas pelo homem, mas Cristo nos faz livres para vencer o inimigo e exercer toda a autoridade que nos é dada como filhos e herdeiros de Deus. Aproveite para celebrar, festejar e comemorar todos os dias.

Oração: Pai, como é bom poder ser chamada de filha e saber que o anel de autoridade  está em nossas mãos, quando seguimos Jesus e obedecemos a Tua palavra. Te agradecemos por tudo o que tens feito em nossas vidas e pela alegria de estar na Tua presença sempre que desejarmos. Amém!