O Direito De Nos Alegrar

De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome.
A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração. Lucas 1:48-50

Maria era uma mulher que achou graça aos olhos de Deus. Ela era obediente e Deus estava com ela. Deu a ela o privilégio de gerar Jesus, amamentar, educar. Ela sabia quão grande era o amor de Deus e que podia confiar Nele, por isso disse sim ao ser visitada pelo anjo que trouxe a notícia de que o filho de Deus nasceria de seu ventre. Maria pagou um alto preço por aceitar ser a mãe do filho de Deus, mas a alegria de ter sido escolhida, de ter podido servir e de ter visto o extraordinário acontecer, certamente superou toda a dor. Maria é chamada de bem-aventurada e nós também podemos ser, porque o mesmo Deus que a amou, nos ama e Suas misericórdias estendem-se aos que o temem, de geração em geração. Podemos nos alegrar em Deus, porque somos filhos. Se obedecemos, ocupamos um lugar que é nosso por direito. Não, o mundo não pode nos enganar e nos impor uma tristeza que não vem do coração do nosso Pai. Sabemos aceitar as correções, sabemos nos humilhar, pedir perdão quando pecamos, mas isso não tira nosso direito de sermos felizes e cheios da alegria do Espírito Santo.

Oração: Te louvamos Senhor, pelo Teu amor e pela Tua compaixão por nós. Queremos te honrar a cada dia com nossa obediência e gratidão, porque sabemos que sem Ti nada podemos fazer. Em nome de Jesus, repreendemos todo engano do inimigo, que tenta desviar nossos olhos da Tua grandeza, que nos faz fortes e ousados. Amém!

Tempo de Despertar

Se vocês estiverem dispostos a obedecer, comerão os melhores frutos desta terra; Isaías 1:19

Vendo um vídeo que circula pelas redes sociais de uma mulher indignada com as leis existentes e as propostas de mudanças, fiquei observando o conteúdo. Era uma lista de lamentações e desesperanças. Ela se apresentava como uma grande vítima injustiçada e declarava que as regras mudavam sempre que chegava a hora dela aproveitar algum benefício.

Não podemos ignorar as injustiças sociais ou fingir que tudo é como gostaríamos, mas não podemos nos esquecer de quem somos: Nosso pai é o dono do ouro e da prata, nada é impossível para Ele, Ele nunca nos deixará e nem nos abandonará, não desampara o justo e nem permite que seus filhos mendiguem o pão. Mil cairão ao nosso lado, 10 mil a nossa direita, mas nós não seremos atingidos.

Precisamos despertar para a verdadeira vida que Deus tem para nós, planos de nos fazer prosperar e não de nos causar dano, planos de dar-nos esperança e um futuro. Não podemos permitir que o mundo nos convença do contrário. Que todos os dias ouçamos a voz do Espírito Santo, que se une com o nosso espírito para afirmar que somos filhos de Deus, e se somos filhos, somos herdeiros.

Oração: Senhor, não queremos nos deixar contaminar pela desesperança do mundo. Cremos que És o nosso pastor e por isso nada nos faltará. Tua presença nos enche de alegria e nos traz felicidade para sempre. Amém!